segunda-feira, 18 de maio de 2009

O fogo arde, queima a Terra e o meu coração. O amor enlouqueceu, e o fogo arde dentro do Mundo, para travar os loucos de amor. E eu? ... Estou aqui, longe dos loucos e do fogo. O Mundo está perdido, doido, e o que já foi não voltará mais. "Levanta-te e sai deste beco!" Não consigo, deste-me a mão e endoideci. Resta-me caminhar para a fogueira daqueles que respiram, e tomar como minha esta sentença de amar. AMO-TE!